Luto: Jogador brasileiro é morto a tiros após festejar no domingo (07) e todos ficam em choque

Com 21 anos, o jogador Pedro Ícaro Nunes foi brutalmente assassinado a tiros na saída de uma boate, em Vila Velha. O atleta assou pelo extinto Espírito Santo FC e também vestiu as camisas de Tupy e Vilavelhense, sendo o último o clube pelo qual atuou no primeiro semestre deste ano. Ele também havia jogado em um time peruano e também no clube brasileiro, Cruzeiro.

De acordo com informações, Pedro Ícaro havia ido ao local com seu irmão, de 18 anos, e outros amigos. Eles chegaram por volta de meia noite e saíram às 5h do último domingo (07/07). Segundo o próprio o irmão de Pedro, tudo aconteceu quando, na saída da boate, um princípio de confusão teria ocorrido e, por algum motivo, um dos rapazes teria sido agredido por um homem que estava no local.

Na sequência, Pedro teria ido tomar satisfações com o jovem que agrediu seu amigo, mas foi alvejado com vários tiros. O parente do jogador contou  ainda que tentou se aproximar do irmão para ajudá-lo, mas o agressor não teria deixado.

No momento do crime, muitas pessoas deixavam o local. Testemunhas contaram que houve pânico, correria, mas o atirador ainda permaneceu na rua. Uma viatura da Polícia Militar que passava pelo local foi avisada. Quando os policiais se aproximaram, encontraram o assassino com a arma do crime.

Pedro Ícaro Nunes de Souza (Foto: Reprodução)
Pedro Ícaro Nunes de Souza (Foto: Reprodução)

O responsável pelo assassinato foi Cleber Moreira. O criminoso foi levado para o Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Vitória. Socorrido para um hospital de Vila Velha, Pedro Ícaro não resistiu aos ferimentos e já chegou morto ao local.

O atleta foi sepultado na manhã desta segunda-feira (08/07) no cemitério parque da paz.

FONTE- TV FOCO

IB TV Notícias

Fique bem Informados com a IB TV Notícias

COMENTE

%d blogueiros gostam disto: