“Gostaria de vê-lo quando sair do hospital”, diz homem que encontrou bebê abandonado

Era para ser mais um domingo tranquilo, mas quis o destino que o auxiliar geral José Mário da Cruz, de 50 anos, fosse o ‘anjo da guarda’ do bebê recém-nascido e do sexo masculino encontrado abandonado em uma moita de capim na vicinal Gentil Moreira, que liga os municípios de Avanhandava e Promissão.

Ele contou a página de notícias Avanews que reside numa chácara próximo onde o menino foi deixado e que o irmão dele foi quem caminhava pela pista quando, ao ouvir o choro, correr e chamá-lo para ver o que era. “Ele chegou tremendo e chorando, falando que tinha uma criança jogada na moita. Quando cheguei lá, me deparei com o recém-nascido de bruços na sacola, que estava aberta. Havia a placenta e muito sangue”, disse.

FORMIGAS

O auxiliar lembrou que muitas formigas estavam no corpo do recém-nascido quando o encontrou. “Acho que elas foram atraídas pelo sangue. Tirei todas e, por causa do sol, a pele do bebê estava bem vermelha. Esse menino foi um guerreiro, pois devia estar lá há muito tempo”, lembrou.

Emocionado, Cruz acrescentou que, assim que o bebê se recuperar, pretende visitá-lo. “Isso que ocorreu é uma judiação muito grande. Torcemos para que a criança se recupere e que a mãe seja localizada pela polícia. Eu gostaria de vê-lo quando sair do hospital e, se Deus quiser, esse menino viverá”, finalizou.

UTI

O bebê segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal da Santa Casa de Araçatuba. Exames físicos feitos pela equipe médica indicam que a idade gestacional do bebê é 30 semanas – aproximadamente 7 meses -, pesando 1,126 quilo.

O quadro clínico da criança, segundo nota enviada pela assessoria de imprensa do hospital é grave, porém estável. Ele chegou à Santa Casa em parada cardiorrespiratória e choque hemorrágico. 

A mãe ja foi localizada pela policia

Fonte – jornal Interior – Por Ivan Ambrosio

IB TV Notícias

Fique bem Informados com a IB TV Notícias

COMENTE

%d blogueiros gostam disto: