Gaeco e PM prendem 16 por suspeita de integrar facção criminosa na região de Ribeirão

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Polícia Militar prenderam 16 pessoas – oito delas em flagrante – e cumpriram 16 mandados de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (3) em Ribeirão Preto (SP), Jaboticabal (SP), Cravinhos (SP), e em Matão (SP), na região de São Carlos (SP).

As prisões foram feitas no âmbito da Operação Jiboia, que investiga integrantes de uma facção criminosa que atua e dentro e fora dos presídios paulistas.

De acordo com os promotores do Gaeco, os presos eram investigados por suspeitas de práticas em diferentes ações da organização criminosa, entre elas o tráfico de drogas, os julgamentos ilegais conhecidos como ‘tribunais do crime’ e a arrecadação de dinheiro para financiar a facção.

Celulares apreendidos durante a Operação Jiboia nas regiões de Ribeirão Preto e São Carlos — Foto: Divulgação

Celulares apreendidos durante a Operação Jiboia nas regiões de Ribeirão Preto e São Carlos — Foto: Divulgação

A Promotoria informou que, além do cumprimento de oito mandados de prisão expedidos pela Justiça, oito pessoas foram presas em flagrante, entre elas duas mulheres – um adolescente foi apreendido.

Em todos os locais alvos dos mandados de busca e apreensão, a força-tarefa encontrou aparelhos e documentos com anotações da facção e da contabilidade do tráfico. Cerca de 500 porções de crack prontas para a venda foram apreendidas.

Em Jaboticabal, a PM e o Gaeco apreenderam R$ 108 mil em dinheiro e quatro armas de fogo com a numeração raspada e que eram de uso da facção criminosa.

Os investigados podem responder por crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, associação ao tráfico, sequestro e cárcere privado, e lavagem de dinheiro.

FONTE G1

IB TV Notícias

Fique bem Informados com a IB TV Notícias

COMENTE

%d blogueiros gostam disto: