Detentos morrem ao atacar agentes durante revista em presídio de Edéia

Dois detentos morreram, na tarde desta segunda-feira (19), após atacarem agentes prisionaisdurante revista em celas, na Unidade Prisional do município de Edéia, a 120 km de Goiânia. A dupla golpeou os funcionários penitenciários que reagiram com disparos de arma de fogo. Segundo nota enviada pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Warley Ganda Cavalcante, detido por roubo, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde local. Já Lucas da Silva Costa, detido por tráfico de drogas, morreu dentro do presídio.

Segundo registros, a Polícia Militar foi acionada para dar apoio à equipe carcerária após um tumulto em uma das celas da Ala A. Para realizar revista de rotina nas celas, os agentes conduziram todos os reeducandos da respectiva ala para o pátio de banho de sol.

Emboscada

Ao adentrarem a cela 2, os agentes foram surpreendidos por Warley e Lucas, que os golpearam na cabeça e no rosto. Após luta corporal com os detentos, os agentes realizaram disparos de arma de fogo para se defender. Os tiros atingiram Lucas e Warley. A PM isolou o local até a chegada da  Polícia Técnico Científica. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou o óbito de Lucas. Warley foi levado para um hospital do município, mas não resistiu.

Em nota, a DGAP afirmou já ter tomado as devidas providências em relação ao ocorrido. “O caso foi repassado à Polícia Civil para investigação e providências cabíveis. A DGAP abriu procedimento administrativo para apuração interna do fato, na forma da lei”, diz outro trecho na nota. (Leia o comunicado na íntegra no final da matéria)

Nota completa da DGAP:

“A 5ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administrativa (DGAP) informa que já foram tomadas as devidas providências em relação ao fato ocorrido na Unidade Prisional de Edéia, na tarde desta segunda-feira, 19/08, durante revista estrutural realizada por servidores nas celas do presídio, que resultou na morte de dois custodiados. A 5ª Coordenação Regional ressalta que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), acionado pela administração do local, constatou o óbito do custodiado Lucas da Silva Costa (preso provisório – Lei de Tóxicos), após a ocorrência, e que o preso Warley Ganda Cavalcante (preso provisório – Art. 157 do Código Penal Brasileiro) foi levado para uma unidade de saúde da cidade, onde veio a falecer.

O caso foi repassado à Polícia Civil para investigação e providências cabíveis. A DGAP abriu procedimento administrativo para apuração interna do fato, na forma da lei”.

FONTE- MAIS GOIAS- POR TAYNARA CUNHA

IB TV Notícias

Fique bem Informados com a IB TV Notícias

COMENTE

%d blogueiros gostam disto: