Caminhoneiro é suspeito de dirigir bêbado e atingir ônibus; 1 morre e 7 ficam feridos em Monte Azul Paulista

A Polícia Civil confirmou na manhã desta terça-feira (16) a prisão do caminhoneiro suspeito de bater em um ônibus na Rodovia Armando de Sales Oliveira (SP-322) em Monte Azul Paulista (SP). O acidente, na noite de segunda-feira (15), deixou um morto e sete feridos.

Ainda segundo a polícia, o motorista do caminhão bateu na lateral do coletivo, que seguia de Ribeirão Preto (SP) para São José do Rio Preto (SP). Ele fugiu em seguida, sem prestar socorro às vítimas, mas acabou sendo encontrado na cidade.

Segundo a Polícia Rodoviária, o homem, de 66 anos, foi submetido ao exame de bafômetros, que apontou 0,67 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Ele foi preso em flagrante e deve ser apresentado em audiência de custódia na Justiça nesta terça-feira.

Além do crime de embriaguez ao volante, o caminhoneiro responderá por homicídio culposo na direção de veículo automotor, lesão corporal culposa, fuga do local de acidente e omissão de socorro.

O acidente

O caminhão carregado com laranjas bateu na lateral do ônibus da Viação Rápido D’oeste próximo ao quilômetro 418 da Rodovia Armando de Sales Oliveira. Segundo a Polícia Rodoviária, uma mulher morreu no local e outras sete pessoas ficaram feridas.

De acordo com apuração da EPTV, afiliada da TV Globo, dois passageiros do coletivo foram levados em estado grave ao Hospital Julia Pinto Caldeira, em Bebedouro (SP). Devido à gravidade dos ferimentos, uma mulher foi transferida à Santa Casa de Barretos (SP).

Outras três vítimas do acidente receberam atendimento no Pronto-Socorro Municipal de Monte Azul Paulista e duas foram levadas ao Hospital Senhor Bom Jesus, no mesmo município, também com ferimentos leves. As cinco pessoas foram medicadas e liberadas.

Segundo a Polícia Rodoviária, um motorista, de 41 anos, que testemunhou o acidente, perseguiu o caminhoneiro e conseguiu fazê-lo parar na rodovia. Entretanto, após os dois conversarem, o suspeito continuou fugindo pela pista.

O motorista então anotou a placa do caminhão e informou à Polícia Militar. Uma equipe em patrulhamento conseguiu deter o caminhoneiro. Na delegacia, ele alegou que as marcas no veículo dele foram provocadas por outra carreta, que teria invadido a pista contrária.

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) e investigadores da Polícia Civil estiveram no local do acidente.

Motivação

Em nota enviada na noite de segunda-feira, a Viação Rápido D’Oeste informou que o ônibus seguia de Ribeirão Preto para São José do Rio Preto e que o motorista também ficou ferido no acidente. A empresa comunicou que está apurando as causas da colisão.

“No entanto, a primeira informação que chegou foi que o caminhão realizou uma ultrapassagem em local proibido provocando o acidente. As vítimas receberam os primeiros socorros pelas unidades de atendimento, a empresa já deslocou uma equipe para o local e dará todo o suporte às famílias”, diz a nota.

Ônibus ficou com a lateral destruída após ser atingido por caminhão em Monte Azul Paulista, SP — Foto: ReproduçãoEPTV

Ônibus ficou com a lateral destruída após ser atingido por caminhão em Monte Azul Paulista, SP — Foto: ReproduçãoEPTV

FONTE- G1

IB TV Notícias

Fique bem Informados com a IB TV Notícias

COMENTE

%d blogueiros gostam disto: